Fé, Esperança e Amor


I Corintios 13: ver 1-13

1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. 2. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. 3. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. 4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. 5. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal. 6. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. 7. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Queridos amigos, a nossa sociedade confunde o Amor e a Luxúria, devemos observar que ao contrário da luxúria, o amor de DEUS é dirigido exteriormente, ou seja, é dirigido as outras pessoas, e não interiormente, 'A nós mesmos, como na maioria das vezes ocorre'.

Devemos então amar de forma desinteressada, e para amar desta forma, devemos estar em aliança com Deus, para que o Espírito Santo, possa colocar esse desejo sobrenatural em cada um de nós.

8. O amor nunca falha, mas havendo profecias, serão aniquiladas, havendo línguas, cessarão, havendo ciência, desaparecerá. 9. Porque, em parte, conhecemos, em parte profetizamos. 10. Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Deus nos dá os dons espirituais, a fim de edificarmos, servirmos, e fortalecermos os nossos companheiros cristãos. Na eternidade, seremos transformados em seres perfeitos, e completos e estaremos na presença do próprio Deus.

11. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. 12. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face, agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. 13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Caro amigo e amiga, na moralidade corrupta humana, o amor torna-se algo confuso, com significado pequeno. Devemos tirar o Espírito do Homem de dentro de nosso ser, e permitir que o Espírito de Deus venha habitar em nós, somente assim, podemos amar o próximo e buscar a unidade em Espírito.

Que Deus edifique a sua vida!

Bp. Paulo R. Maia Clavery

#Fé #Esperança #Amor

5 visualizações

Copyright all rights reserved © 2012 - 2020 Todos os Direitos Reservados por IIGV - Igreja Internacional Graça e Vida